Honestidade portuguesa

A honestidade portuguesa. Já perdi a conta da quantidade de vezes em que familiares ou amigos me disseram: "estás mais gorda", "mais gordinha", "forte", "pesada". E quando não me dizem, digo eu. Dou por mim a dizer que estou bem mais gorda, para facilitar logo o comentário que a outra pessoa vai fazer. Ou naturalmente já pensou. Eu ri-me sempre. Concordei. Dei a desculpa ou talvez seja a verdade, de que foi por ter duas bebés seguidas e uma há quatro meses.

Eu, mais do que ninguém, vejo-me e sinto-me muito diferente do que era, antes de ser mãe. Eu, mais do que ninguém, sei o quanto preciso de perder peso. Acreditem. Quero muito. Não pelos comentários, mas por mim. Nunca ambicionei um corpo súper tonificado. Só quero mesmo voltar ao meu peso 'normal', confortável e saudável o tem sido tarefa difícil.

Estes comentários começaram desde que cheguei a Portugal. Desde o sul do pais ate ao norte e fomos parando pelo caminho. Cada sítio, o mesmo comentário. Será a honestidade portuguesa ou falta de noção e educação. Ou, apenas por ter sido sempre 'magra', as pessoas estavam chocadas, por eu estar com mais peso e comentaram. Tal era o choque?!

Os comentários só aumentam a minha ansiedade em querer perder peso. E lembraram-me que a honestidade dos portugueses é por vezes crua e bruta. Espero que esta nossa honestidade bruta, seja também usada, quando vemos os outros felizes e bem. Que os elogios não fiquem guardados. Que sejamos tão rápidos a observar as mudanças boas e incentivemos o outro a ser mais e melhor. 


-Lace-it-girl

CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário

Back
to top